MENU





terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Assembleia Votará na Próxima Terça Projeto que Prevê 13º de Servidores via Empréstimo

https://4.bp.blogspot.com/-Oo2QpzsyktU/WjdPutX-HeI/AAAAAAAAB3I/TxbbE9Pgk0Ay2kd_T8Vp4BZ6oaXhIFZtgCLcBGAs/s1600/Assembleia%2BVotar%25C3%25A1%2Bna%2BPr%25C3%25B3xima%2BTer%25C3%25A7a%2BProjeto%2Bque%2BPrev%25C3%25AA%2B13%25C2%25BA%2Bde%2BServidores%2Bvia%2BEmpr%25C3%25A9stimo.jpg
Anderson Fetter / Agência RBS

Será na próxima terça-feira (19) a votação do projeto do governo do Estado que prevê o pagamento do 13º salário dos servidores via empréstimo bancário. Na reunião do colégio de líderes, na manhã desta terça-feira, na Assembleia, a oposição deu acordo para abreviar a tramitação da matéria.

O texto com a proposta do Piratini chegou à Casa no início da manhã e será publicado ainda nesta terça (12). A partir da publicação, abre-se prazo de 48 horas para emendas. Findado esse período, o projeto pode ir a plenário, o que irá ocorrer na próxima sessão deliberativa, dia 19.

— Não vamos trabalhar para prejudicar o servidor. Sabemos o que eles têm sofrido nesses 25 meses de atrasos nos salários — justificou a líder do PT na Assembleia, deputada Stela Farias.

O anúncio de que o 13º será pago via empréstimo bancário foi feito na noite de segunda-feira (11) pelo governador José Ivo Sartori. Em sua conta oficial no Twitter, ele afirmou que "todos os funcionários públicos gaúchos terão acesso aos valores do 13º em dia e integralmente". No entanto, até o momento, o chefe do Executivo estadual não deu detalhes sobre como ocorrerá essa transação.

Os servidores que não optarem pelo empréstimo bancário — cujas encargos será assumidos pelo Tesouro — irão receber o benefício em 12 parcelas, a exemplo do que foi feito no ano passado. Em 2015, o governo usou expediente semelhante ao de agora — na ocasião, o servidor podia optar por receber o 13º via empréstimo no Banrisul ou parcelado em seis meses. No ano seguinte, porém, o Tribunal de Contas do Estado emitiu alerta sobfre a operação, com riscos de ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Por conta do aviso, em 2016 o Piratini não ofereceu a possibilidade de empréstimo, parcelando o 13º em 12 vezes. A última parcela foi quitada no último dia 30 de novembro.

FONTE: GAÚCHAZH

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
http://www.debit.com.br/


Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.